quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Olha o Fogo!

Quando eu achei que nada poderia abater o BBB na mídia ao longo deste período, eis que surge um fabuloso incêndio na Cidade do Samba. 

Vou resumir a história toda em poucas palavras, a Cidade do Samba pegou fogo, três escolas foram atingidas, o prejuízo foi enorme, a LIESA mudou o regulamento para não haver prejudicados este ano e "empresas" doaram R$ 1,5 MILHÕES para as necessitadas. E é nesse último trecho que eu quero basear este post.

Alguém que vista este blog, já viu ou ouviu falar em escola de samba pobre? Até onde eu sei, tais são comandadas por "grandes homens" que mandam e desmandam em muita coisa por ai, e que afinal de contas não vou citar suas profissões, provavelmente vocês já sabem ou devem imaginar. Realmente acham que "empresas" necessitam doar este montante de dinheiro? Ou que as agremiações precisam deste dinheiro?

Eu, como todo carioca, gosto de samba, mas me tira do eixo toda vez que escuto esse tipo de coisas: Fulano de tal investirá xis milhões para reforma do prédio da prefeitura... Já Sr: Zé das Couves, planeja utilizar xis milhões para construção do Museu do Mussum... E por ai vai! Eu nunca tive a oportunidade de falar diretamente com o governador ou o prefeito do meu estado, mas com certeza a primeira pergunta seria: Por que vocês mobilizaram em poucos dias tanto dinheiro para ajudar escolas de samba e demoram anos para levantar pequenos fundos para manutenção de hospitais, educação, cultura...

Confesso a vocês que das muitas dúvidas que tenho dessa vida, essa é uma das que mais me intrigam. Como conseguem tão rápido para coisas pequenas e tão demorado para coisas tão grandes... Como dizem os sábios por ai, existem coisas na vida que não foram feitas para serem compreendidas, apenas aceitas. É duro de aceitar isso. O mais irracional do ser humano, com a menor bestialidade de lógica, consegue perceber isso, não é possível que seja apenas um pequena parte da população veja isso e não cobre dos seus superiores usando isso como argumento, mas de que vale nosso argumento? É apenas aceitar!

As escolas farão seus desfiles, os leigos, enfermos e ignorantes continuarão sendo o que são e sentado no sofá da minha sala assisto esse enorme circo de aberrações que fazem questão do seu humor "pastelão" sem poder fazer absolutamente nada, amarrado em cordas imaginárias de sujeira, podridão e canalhice. Essa é a vida de um cidadão que infelizmente crê que a solução está longe de chegar.

Credito o "Zé das Couves" a Dona Sonia, que de tanto falar isso quando estagiei na Casa Ronald, não o consigo tirar da cabeça! Um beijo enorme Dona Sonia!

3 comentários:

Roberta disse...

Diante da realidade dos fatos medíocres em que vivemos, me coloco sem palavras para descrever meus sentimentos. Estou como vc descreve, sentada, assitindo perplexa a todo esse circo armado....Ou seria Carnaval armado?

sergio disse...

Gostaria de colocar minha tristesa duas vezes.... 1º com o incêndio, foi catastrófico! 2º com o "incentivo" de "investimentos" para levantar as três escolas....
Onde será que vamos parar... ou melhor, onde será que vamos bater...

Abraço!

Mother disse...

É como se diz no carnaval:

... e tudo termina em samba na casa de bamba ...

Hospital, saúde e educação pra que? Isso não trás "euros", nem "royalties" e muito menos "fusões na bolsa".

Mas, não seria terminar em pizza? NÃO, pizza só pra quem é rico, pra quem é pobre termina em samba mesmo...

Parabéns e beijos my sun

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...